Cumprindo as promessas de Ano Novo

Acabou a vida boa, provavelmente o seu sangue ainda está cheio de álcool e você já prometeu que esse ano vai perder 20kgs, vai finalmente pedir demissão e abrir seu próprio negocio, trabalhar apenas 8hrs e passar mais tempo com a família, certo?

 

Se todo ano você se esforça para cumprir metas, mas não consegue se guiar com tanto planejamento e coisas a fazer talvez você deva experimentar uma ideia diferente: não faça metas para 2014.

Que tal fazer um esforço para cumprir as promessas em 2016?

Ano passado fiz uma experiência interessante para tentar realizar todas as promessas de ano novo.alvo

A primeira versão deste guia era um conjunto de dicas que encontrei, e essa segunda versão conta com modificações baseadas nas minhas experiências.

Os cinco passos para as resoluções de ano novo:

Um objetivo concluído é melhor do que 20 por começar

Não adianta querer realizar tudo que tem de errado na sua vida em um ano, escolha UM objetivo principal aquele que você vai mais se dedicar.

Essa é uma tarefa difícil, pode ser “começar aquele curso de teatro” ou “mudar de emprego” algo que você queira muito.

Depois de escolher essa pense nas problemáticas, aquelas promessas que você faz há anos e que já virou obrigação.

Essas são mais fáceis, são as que prometemos a cada novo ano, “Perder quilos para o verão” ou “aprender a falar inglês”.

Por ser fácil de lembrar você provavelmente vai listar uma dúzia delas então escolha apenas três, mais do que isso vai atrapalhar.

E uma ultima observação, evite metas que dependam dos outros, mantenha o foco nas resoluções que você pode realizar sozinho.

Tenha paciência, vá melhorando aos poucos

São 365 dias no ano, não invente de parar de fumar assim que acordar em vez disso trace objetivos mais curtos, por exemplo:pare-de-fumar-agora

  • Consultar um médico
  • Fumar cinco cigarros a menos*
  • Começar um exercício físico
  • Consultar uma ajuda de grupo

E assim por diante, podem ser 12 metas uma pra cada mês do ano, dessa forma ao chegar em dezembro você saberá que está perto do objetivo, ou onde foi que deixou ele escapar.

Se uma das suas metas está relacionada a vícios consulte esse outro artigo que escrevi com dicas de Como vencer vícios

Não esconda, ou se esconda das Promessas

Existem duas coisas que podem acabar com as promessas de ano novo, esquecimento e vergonha.

Só se lembrar das resoluções de ano novo quando vai mudar de ano não ajuda, o máximo que você vai fazer é transformá-las em promessas para o próximo ano.

O melhor remédio para isso, Escreva! Tenha um blog, diário, cartolina, desenho, software, ou seja lá o que for, mas tenha uma forma de escrever o planejado, que você possa ler sempre que possível, quantas vezes forem necessárias.

Se achar necessário torne seu compromisso publico e permita que amigos e familiares lhe cobrem.

Não tenha vergonha de falhar, você não estava com animo em janeiro, esqueceu em fevereiro e fica com vergonha e decide que março é tarde demais, melhor esperar o próximo ano.

Se você vacilou janeiro e fevereiro, comece em março sem culpa, se vacilou de janeiro a outubro, comece em novembro; Se você começar por mais tarde que seja, na próxima você vai estar pronto para continuar e para definir melhor o próximo semestre ou ano.

Aprenda a medir os resultados

Ok, você definiu quais são as resoluções de ano novo, planejou o que vai fazer para alcançá-las em dezembro, armazenou em um lugar acessível, só falta uma coisa. Ter certeza que está no caminho certo.

No mesmo lugar onde você anotou suas promessas e as metas para alcançá-las anote também seus resultados. Se você conseguiu cumprir, se faltou um pouco ou se faltou muito.

Experimente dar notas, estrelinhas, ou algo do tipo todo mês, além de um comentário, o que foi mais fácil e mais difícil nesse caminho.

Revisão Semestral

Esse é o grande momento. Julho e Dezembro são os meses para você avaliar se está no caminho certo ou o que precisa mudar.

Essa é a hora de pegar todas as anotações e ver como está se saindo, em Julho é o momento de você tomar uma atitude mais drástica ou comemorar os resultados, nesse momento não tenha vergonha de desistir de uma promessa ou de modificá-la, talvez não dê pra perder 20 quilos então tente perder 10kgs.

Já em dezembro é o momento final para ver o que você conseguiu, o que aprendeu com a experiência e pensar se vai repetir, se vai fazer suas próprias modificações ou se vai seguir um novo plano.

Na dúvida faça o que mais gosta

Lembra que primeiro pedi para que você escolhesse UMA promessa e que essa não deveria ser uma obrigação e sim algo que você gostaria de fazer? Se no meio do caminho bater a duvida se deve continuar, se as promessas não estão agradando, concentre-se apenas nessa, faça o possível e o impossível para resolvê-la e comece novamente no ano seguinte. É uma recuperação com um gostinho bom.

Um bom ano de realizações!

*não sou fumante e nem médico, os passos são descritos apenas como exemplo caso essa seja sua meta consulte um especialista e siga as orientações.